• Imagens
  • Imagens
  • Imagens
  • Imagens
  • Imagens
  • Imagens
Linha Regressar Venezuela disponibiliza 50 milhões para empresários que regressem a Portugal

Foi ativada a linha de crédito, “Linha Regressar Venezuela”, por um montante global de 50 milhões de euros e um prazo de 12 meses, extensível a 6 meses, para apoiar os empresários portugueses e luso-descendentes que passam por dificuldades na Venezuela e que regressam a Portugal em circunstâncias difíceis, permitindo assim criar condições para recomeçarem projetos empresariais.

Esta linha estará disponível em todos os municípios do continente e na Região Autónoma da Madeira.

Objetivo

Apoiar os empresários portugueses regressados da Venezuela que pretendam recomeçar projetos empresariais, criando novos negócios ou adquirindo partes sociais de empresas existentes.

Condições

São consideradas beneficiárias Pequenas e Médias Empresas (PME), localizadas em território nacional, que desenvolvam atividade enquadrada (ver Documento de Divulgação), que não apresentem incidentes não regularizados junto da Banca, nem dívidas junto do sistema de garantia mútua, que tenham a situação regularizada junto da Administração Fiscal e da Segurança Social e que cumpram ainda os requisitos que poderá consultar nos documentos de divulgação abaixo.

Para mais informações consulte os documentos abaixo:

Apresentação Linha Venezuela

Sintese Linha Regressar Venezuela